Forum Municipal discutiu a Política Municipal de Turismo

Representantes de vários setores que integram a linha de frente do turismo jordanense, opinaram hoje sobre os rumos que Campos do Jordão deve seguir para se consolidar como um destino […]

Representantes de vários setores que integram a linha de frente do turismo jordanense, opinaram hoje sobre os rumos que Campos do Jordão deve seguir para se consolidar como um destino de primeiro nível, de hospitalidade diferenciada, sinalização impecável, infraestrutura adequada e servida de facilidades que induzam à descoberta dos atrativos e criem o interesse pela repetição das experiências vivenciadas na cidade. As manifestações foram apresentadas no Fórum Municipal de Turismo que aconteceu no Hotel Leão da Montanha e contou com 105 participantes.

Os 12 grupos temáticos que debateram questões específicas e apresentaram suas ideias, eram compostos por pessoas ligadas à hotelaria, gastronomia, associações como AMECampos e Engenheiros e Arquitetos, Instituto Federal de Educação, Zoom Bike Park, Tarundu, o Guia Castelfranchi. Os guias de turismo também tiveram participação destacada. As propostas apresentadas no Fórum serão usadas na montagem do Política Municipal de Turismo, que trará diretrizes e objetivos que a cidade terá que seguir para desenvolver o turismo local.

Ao longo dos trabalhos, os participantes se defrontaram com questões apresentadas na forma de alternativas. Era preciso fazer uma escolha e votar. Entre as questões apresentadas estava a de se priorizar os eventos corporativos (congressos, por exemplo) ou eventos permanentes como a Festa do Pinhão. Discussão semelhante envolveu os ônibus de excursão (se eles deveriam ter circulação liberada ou ser substituídos por vans na área urbana).

Entre os tópicos abordados também constou os bondes: se eles deveriam ser utilizados como transporte público ou ter um tíquete de trajeto único, o que os consolidaria como um equipamento de uso exclusivamente turístico. Outro tópico importante do Fórum foi a votação maciça em prol da criação de uma entidade que atribuições que hoje pertencem à SETUR (Secretaria de Turismo). Trata-se de uma instituição que ficaria separada da administração municipal, teria orçamento próprio e se chamaria Companhia Jordanense de Turismo.

As propostas colhidas no Fórum irão se somar aos diagnósticos constantes do Plano Municipal de Turismo, que está sendo elaborado por uma empresa especializada, a ABET (Agência Brasileira de Engenharia Turística). O Plano será apresentado em audiência pública que acontecerá nos próximos dias (informarei aqui quando a data for confirmada).

Outra ação importante que o município precisará empreender na sequência desses trabalhos é a elaboração do Plano Municipal de Comunicação, essencial para a captação em larga escala do público que fica procurando locais para passar curtir os dias de descanso.

O Fórum Municipal de Turismo foi conduzido por Dener Fonseca, da ABET, e teve a colaboração do subsecretário de turismo, André Barbedo, e do presidente do COMTUR, Alexandre Gonçalves.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *