Espaço Cultural exibe filmes do cinema nacional

Com uma programação intensa, o Espaço Cultural Dr. Além terá sessões diárias de quinta (17) a domingo (20). A mostra cinematográfica traz produções marcantes dirigidas por Nelson Pereira dos Santos, […]

Com uma programação intensa, o Espaço Cultural Dr. Além terá sessões diárias de quinta (17) a domingo (20). A mostra cinematográfica traz produções marcantes dirigidas por Nelson Pereira dos Santos, um dos precursores do cinema novo. Nelson morreu em abril desse ano, aos 89 anos. Para as crianças haverá uma seleção de curtas dos estúdios Disney na sexta (18), que acontece às 9h e às 14h.  Ainda no domingo, as crianças também poderão se divertir com o filme “O Saci” (às 15h), que tem como cenário o Sítio do Pica-Pau Amarelo – direção de Rodolfo Nanni. A mostra é organizada pelo Cineclube Araucária e a entrada é gratuita. Veja abaixo as sinopses e os horários das sessões.

Sinopses

Quinta, dia 17, às 19h30: Vidas Secas (1963, 103 min). Um casal tenta escapar da seca no sertão nordestino, com seus dois filhos e a cachorra Baleia. Eles vagam sem destino e quase sem esperanças pelos confins do interior, sobrevivendo às forças da natureza e à crueldade dos homens. Adaptação da obra de Graciliano Ramos.

Sexta, dia 18, às 19h30: Rio, Zona Norte (1957, 90 min).  Espírito da Luz (Grande Otelo), um talentoso compositor, tenta vender suas músicas e fazer sucesso, mas acaba enganado por oportunistas e se vê preso nos esquemas da indústria fonográfica. Após um acidente de trem, ele relembra passagens de sua vida.

Sábado, dia 19, às 19h30: A Música Segundo Tom Jobim (2012, 84 min). O documentário mostra a trajetória do compositor de clássicos como “Garota de Ipanema”, “Chega de Saudade” e “Águas de Março” e faz uma abordagem da parceria de Tom com Vinicius e a influência da música clássica em sua obra.

Domingo, dia 20, às 15h: O Saci (1951, 65 min). No Sítio do Pica-pau Amarelo, onde vivem a vovó Benta, tia Anastácia  e a boneca Emília, Pedrinho decide capturar o Saci-pererê, criatura de só uma perna que vive na floresta. Enquanto isso, sua irmã Narizinho é transformada em pedra pela maléfica Cuca.

Domingo, dia 20, às 18h: Jubiabá (1986, 99 min).  Na Bahia, um jovem perde a tia e, acolhido por um comendador endinheirado, se apaixona pela filha dele. Delatado pela empregada, o jovem é espancado pelo comendador e vai viver na malandragem em Salvador, onde continua apaixonado pela moça.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *