Concerto no Toriba com Eudóxia Barros

Uma das grandes pianistas brasileiras, Eudóxia de Barros, fará uma apresentação no sábado dia 16, às 19h30, no hotel Toriba. O repertório será praticamente todo dedicado a compositores brasileiros que […]

Uma das grandes pianistas brasileiras, Eudóxia de Barros, fará uma apresentação no sábado dia 16, às 19h30, no hotel Toriba. O repertório será praticamente todo dedicado a compositores brasileiros que criaram peças para piano. O recital ocorrerá na sala da lareira e terá ingresso a R$ 25,00 para os visitantes.

Com mais de 60 anos de carreira e 30 discos gravados, Eudóxia é ao mesmo tempo uma divulgadora dos autores nacionais e uma propagandista da música erudita, que percorre o Brasil para difundir esse gênero musical. Coube a ela também o pioneirismo de ser a primeira mulher do Brasil a interpretar o concerto nº 1 de Villa-Lobos.

Fã declarada de Ernesto Nazareth, a pianista escolheu cinco peças desse compositor para o concerto no Toriba. Entre elas estão “Apanhei-te, cavaquinho”, “Confidências” e “Espalhafatoso”.  O recital terá ainda outras onze músicas de sete compositores como Camargo Guarieri, Heitor Villa-Lobos, Chiquinha Gonzaga e Oswaldo Lacerda.

Para fechar com chave de ouro o recital que mostra a alma verde e amarela, Eudóxia brindará o público com um arranjo que tem o dom de avivar os sentimentos patrióticos adormecidos. Trata-se da “Fantasia triunfal sobre o hino nacional de Brasileiro”, de Louis Moreau Gottschalk, uma variação emocionante do hino brasileiro.

(Foto: Regina de Jesus)

Recital de piano com Eudóxia Barros

Local: Hotel Toriba

Data: sábado, 16 de dezembro

Horário: 19h

Ingressos: R$ 25,00 (gratuito para hóspedes e clientes dos restaurantes Toriba)

Informações: 3668-5000

Programa 

Eduardo Souto (1882-1942)

O Despertar da Montanha (tango)

Um choro na Praia Grande (para mãos cruzadas)

Osvaldo Lacerda (1927-2011)

Estudo Nº 4 (veloz, para estudo dos stacattos)

Estudo Nº 10 (ligeiro, com tercinas)

Estudo Nº 12 (arrebatado e rubato, estudo das oitavas)

Chiquinha Gonzaga (1847-1935)

 Gaúcho

Atraente

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)

Nesta rua… nesta rua (Nº 11 das Cirandas)

Francisco Mignone (1897-1986)

 Congada

Camargo Guarnieri (1907-1993)

 Dança Brasileira

Ernesto Nazareth (1863-1934)

Espalhafatoso (tango)

Brejeiro (tango)

Confidências (valsa)

Odeon (tango)

Apanhei-te, cavaquinho (valsa)

Louis Moreau Gottschalk (1829-1869)

Grande Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *